Organização Jürgen Matthäus e Frank Bajohr

Os diários de Alfred Rosenberg. 1934-1944

Veröffentlichungen des Zentrums für Holocaust-Studien

Sáo Paulo 2017

ISBN: 978-85-422-0929-7 (bestellen)

 

 

 

Publicado pela primeira vez, o diário de Alfred Rosenberg representa um documento fundamental sobre a segunda guerra mundial e o nazismo. Um dos fundadores do partido nazista, Rosenberg era chamado de pai do nacionalsocialismo pelo próprio Hitler. Não é para menos: ele foi o principal ideólogo do Holocausto e de sua proposta de exterminar o povo judeu. Acreditava na supremacia branca, em particular dos alemães e escandinavos, e considerava os negros e judeus como uma raça inferior. Tornou seu pensamento em ação particularmente depois que foi apontado ministro do Reich para os territórios ocupados do leste, em 1941. Foi responsável por incitar o ódio, o genocídio e, pessoalmente, mandou executar milhares de homens, mulheres e crianças – algo que relatou em detalhes nos seus escritos. Também organizou o roubo de quadros e outros bens culturais em toda a Europa. Este diário estava desaparecido desde o julgamento de Nuremberg, quando Rosenberg foi condenado à morte por crimes de guerra. Descoberto em 2013, está sendo lançado mundialmente com comentários e explicações dos organizadores, dois estudiosos do nazismo.

 

 

Titelinformationen der IfZ-Bibliothek



Zurück zur vorherigen Seite